Até já verão, olá outono!

                         Foto: Brad Stallcup                   
Os dias já se notam mais pequenos.

Manhãs amenas, dias (ainda) quentinhos, a aliciar-nos para umas derradeiras idas à praia, e noites bem mais fresquinhas. Foi desta forma que entrámos em setembro.

É o verão a despedir-se e o outono a dar "um ar de sua graça". O primeiro.

Porém, ao invés de nos deixarmos levar pela melancolia tantas vezes associada aos dias mais pequenos do ano, vamos receber a próxima estação de braços bem abertos, como se de um amigo que há muito não vemos se tratasse.

Senão vejamos, no outono:
  • Os tons dourados voltam a dominar a paisagem, conferindo-lhe, além de uma beleza única, uma sensação de "aconchego";
  • Regressam as tardes da meia de lã no pezinho, recostados no sofá a pôr o 'seriado' em dia, ou a ler um bom livro;
  • Chega a época por excelência das castanhas assadas, compradas aos vendedores de rua e comidas "quentes e boas", já cantava o fadista António Melo Correia;
  • A nossa criatividade é posta à prova, ao termos de combater a inércia e a falta de vontade para sair à rua, com a 'desculpa' do frio, e fazer um programa giro com os amigos;
  • Voltamos aos lanchinhos de chá e bolinhos, biscoitos ou torradas, que tanto confortam o estômago, e a alma.
Pessoalmente, também prefiro as estações do calor, mas, ainda assim, há que ver a beleza de todas elas. Por isso, vamos lá… isto é só um "até já verão" e "olá outono"!

E vocês o que gostam de fazer naquelas tardes outonais mais fresquinhas?

Susana Figueira


Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.